EM COBRANÇA DE PROMISSÓRIA VENCIDA, NOSSA EQUIPE OBTEVE ÊXITO EM PENHORAR VALORES DE CONTA POUPANÇA.

Nosso cliente, credor de quantia materializada por nota promissória, iniciou a cobrança judicial dos valores vencidos e não quitados e após rastreamento de bens e valores em contas bancárias, nossa equipe identificou, com autorização judicial, que o devedor mantinha saldo em conta poupança. Esse tipo de conta é protegido de constrições judiciais como a penhora, porém, através de provas reunidas, demonstramos que se tratava de uma fraude para proteger valores enquanto a dívida não era quitada e obtivemos êxito no levantamento dos valores cancelando o status daquela conta poupança tornando-a para fins de cobrança, como corrente ou seja, passível de penhora.